Ajrakh

Ajrakh é uma técnica que combina uma série de processos de estampado com máscara, block print e tintura. São tecidos com padrões inspirados na arquitetura, feitos em algodão, com desenhos em cores claras, geralmente branco ou cru, detalhes em vermelho, e fundo azul tinto em índigo.

Historicamente Ajrakh é um craft  praticado ao longo das margens do Rio Indus, onde atualmente são os estados de Gujarat, Marwar e Rajasthan na Índia e também no atual Pakistan. Os tecidos Ajrakh foram exportados a partir do século VII a outros países do oriente médio, como Iran e Arábia. As pessoas de lá gostavam muito do colorido e possivelmente o nome Ajrakh seja um derivado da palavra “Ajrak” que em árabe significa Azul, isto porque a cor predominante no fundo é índigo.

Por conta da localização geográfica onde o método se desenvolveu, ao longo do tempo, o Ajrakh incorporou elementos iconográficos da cultura Islâmica, especialmente do Sufismo, a vertente mais esotérica do islamismo.

Os tecidos Ajrakh originalmente eram produzidos para peças do vestuário masculino, como longos echarpes, túnicas e turbantes, e também são muito usados pelos pastores nômades da comunidade Muslim de Marwar  e Maldharis de Kutch. Essas peças de vestuário ainda são usadas nos trajes ceremoniais destas comunidades.

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Atualmente os tecidos Ajrakh são usados também para confecção de peças de indumentária feminina, como sáris, batas e vestidos, e em peças para casa, como colchas, mesa, toalhas e cortinas, além de tecidos de parede para decoração.

Demandados por um mercado que aprecia tanto seus padrões tradicionais quanto modernos, mantendo a identidade original, os tecidos Ajrakh são comercializados no mercado interno da Índia, Pakisthan, Iran e Arábia e exportados para todo o mundo ocidental.

Tomei contato com o método Ajrakh durante a viagem “Arts and craft of Índia & Nepal” em fevereiro de 2013 no Muséu de Anoki em Jaipur, e na viagem em abril de 2014 tivemos a oportunidade de ver uma extensa exposição de Ajrakh no Crafts Museum em New Delhi. Tenho certeza que as inspirações da Índia e suas tradições são o ponto de partida para aguçar nosso processo criativo!

De volta ao Brasil, adaptei a técnica aos materiais, blocos de impressão, máscaras e corantes modernos e desenvolvi um Ajrakh contemporâneo, com resultados lindíssimos que já entraram em várias coleções de tecidos! 

 

Duração duas diárias das 10 às 17 h

Inclui todos ao materiais de pintura e tintura usados durante o curso, menos os tecidos que poderão ser trazidos ou comprados na loja do atelier.

Siga-nos por Facebook