Ajrakh é uma técnica que combina uma série de processos de estampado com máscara, block print e tintura. São tecidos com padrões inspirados na arquitetura, feitos em algodão, com desenhos em cores claras, geralmente branco ou cru, detalhes em vermelho, e fundo azul tinto em índigo. 
Duração do curso técnico: Uma diária das 10 às 17 h.
Inclui todos os materiais de pintura usados durante a aula, menos os tecidos, que você pode trazer ou comprar na loja do atelier.

Ajrakh

R$660.00Preço
  • Ajrakh é uma técnica que combina uma série de processos de estampado com máscara, block print e tintura. São tecidos com padrões inspirados na arquitetura, feitos em algodão, com desenhos em cores claras, geralmente branco ou cru, detalhes em vermelho, e fundo azul tinto em índigo.

    Historicamente Ajrakh é um craft  praticado ao longo das margens do Rio Indus, onde atualmente são os estados de Gujarat, Marwar e Rajasthan na Índia e também no atual Pakistan. Os tecidos Ajrakh foram exportados a partir do século VII a outros países do oriente médio, como Iran e Arábia. As pessoas de lá gostavam muito do colorido e possivelmente o nome Ajrakh seja um derivado da palavra “Ajrak” que em árabe significa Azul, isto porque a cor predominante no fundo é índigo.

    Por conta da localização geográfica onde o método se desenvolveu, ao longo do tempo, o Ajrakh incorporou elementos iconográficos da cultura Islâmica, especialmente do Sufismo, a vertente mais esotérica do islamismo.

    Os tecidos Ajrakh originalmente eram produzidos para peças do vestuário masculino, como longos echarpes, túnicas e turbantes, e também são muito usados pelos pastores nômades da comunidade Muslim de Marwar  e Maldharis de Kutch. Essas peças de vestuário ainda são usadas nos trajes ceremoniais destas comunidades.

    Atualmente os tecidos Ajrakh são usados também para confecção de peças de indumentária feminina, como sáris, batas e vestidos, e em peças para casa, como colchas, mesa, toalhas e cortinas, além de tecidos de parede para decoração.

    Demandados por um mercado que aprecia tanto seus padrões tradicionais quanto modernos, mantendo a identidade original, os tecidos Ajrakh são comercializados no mercado interno da Índia, Pakisthan, Iran e Arábia e exportados para todo o mundo ocidental.

    Tomei contato com o método Ajrakh durante a viagem “Arts and craft of Índia & Nepal” em fevereiro de 2013 no Muséu de Anoki em Jaipur, e na viagem em abril de 2014 tivemos a oportunidade de ver uma extensa exposição de Ajrakh no Crafts Museum em New Delhi. Tenho certeza que as inspirações da Índia e suas tradições são o ponto de partida para aguçar nosso processo criativo!

    De volta ao Brasil, adaptei a técnica aos materiais, blocos de impressão, máscaras e corantes modernos e desenvolvi um Ajrakh contemporâneo, com resultados lindíssimos que já entraram em várias coleções de tecidos!